Feira Livre Periurbana de Búzios

A equipe de reportagem da Búzios Magazine chegou à Feira Livre Periurbana de Búzios por volta das 22h ao som de Dancing Queen. O ambiente misturava cores, sabores e estilos musicais num clima de euforia.

sitemgr_photo_5670.jpg

Situada na Praça da Praia da Ferradura, a feira acontece toda quinta-feira, das 19h às 0h, e oferece artesanato, trabalhos manuais, doação de animais, espaço gourmet, música e outras manifestações e intervenções culturais. É uma boa opção de passeio noturno para quem está de férias em Búzios e, para os moradores, quase que uma obrigação. “Nossa base são os moradores, eles adotaram a feira”, disse Michelle Senna, responsável pela Umami - barraca de cozinha artesanal vegana – e feirante desde a idealização do espaço gourmet, quando a feira acontecia somente aos sábados de manhã.

sitemgr_photo_5668.jpg

O evento materializa um acordo sugerido pela prefeitura e operacionalizado pelos próprios feirantes, em que o poder público disponibiliza a infraestrutura de apoio do evento, como a energia, segurança, estacionamento gratuito, banheiros químicos, e a organização fica sob a responsabilidade dos realizadores.

sitemgr_photo_5672.jpg

Quem chega pela Estrada Velha de Búzios, rua principal que dá acesso à Praça da Ferradura, logo se depara com as barracas de toldo verde do setor gourmet, organizadas umas de frente para as outras - com um espaço no meio para algumas mesas de madeira. Desse ponto já é possível notar uma certa aglomeração de visitantes em pé e sentados em cadeiras de praia ou na grama atrás das barraquinhas de comida. Seguindo em frente, mais ao centro da praça, há uma pista de dança (onde fica concentrado o maior movimento de pessoas), com o DJ e algumas caixas de som. Passando a pista de dança, estão mais algumas barracas de comida e mais a frente, o setor artístico.

Além de variedades da culinária brasileira, a feira conta com comida chilena, argentina, árabe, colombiana, japonesa e variedades de embutidos artesanais. A feirinha, que começou com 10 barracas, hoje tem 40 no espaço gourmet, além das de artesanato. “Temos uma fila de espera de quase 50 pretendentes e a seleção é feita com iguarias que não tenham na feira”, disse Sônia Ribeiro, uma das presidentes e organizadoras do evento.

Delto de Oliveira visitava a feira pela primeira vez com os amigos. Massoterapeuta e artesão, mudou-se para Búzios recentemente procurando, segundo ele, uma vida mais tranquila e a proximidade com o mar. Ficou surpreso com a variedade de comidas oferecidas na feira, com “muitos pratos difíceis de encontrar” e ficou entusiasmado em montar sua própria barraca para vender artesanato.

sitemgr_photo_5666.jpg

Assim como Delto, os moradores interessados em participar da feira devem encaminhar um release para Sônia Ribeiro com uma proposta do que, segundo ela, “faz bem feito e gostaria de vender na feira, assim como todos os dados pessoais”. Quando acontece uma desistência, a diretoria faz uma comparação das propostas e dá preferência para o que ainda não é oferecido no evento.

E você? Também frequenta a feirinha? Qual é sua barraca preferida? Deixe seus comentários e dicas para ajudar outras pessoas!


Avaliações

1 Avaliação
Mariana  Marques Batista Mariana Marques Batista
Rio das Ostras - RJ
Plataforma bem informativa.

Visitarei com certeza a Feirinha de Periurbana de Búzios. A cidade de Búzios sempre surpreende com tantos atrativos! Adorei

abril 2019

Essa avaliação foi útil?

0

19 jan 2019


Por BUZIOS MAG
Compartilhe & Favorite
Anuncie